7 dicas para vencer o medo de falar em público

16 de fev - Artigo - POR Ana Kelly Martinez

Cada um tem sua história de desconforto quando o tema é falar em público

O medo é a primeira reação que temos quando somos colocados em situações desconfortáveis, como por exemplo, falar em público. O caminho é entender o que o medo faz no nosso organismo, para depois saber como controlar as reações que são desencadeadas por ele.

Sempre teremos reações quando sentimos ameaças contra nossa vida, nada mais é que um instinto de proteção, onde podemos correr ou lutar, isso não está ligado a violência. A neurociência já respondeu algumas perguntas quanto a maneira como o cérebro reage ao instinto do medo.

Uma região do cérebro chamada Hipotálamo é acionada e manda um estímulo para a glândula Pituitária que estimula a glândula Agrenal que se localiza acima dos rins, liberando substâncias como adrenalina, noradrenalina e cortisol, hormônios que nos fazem reagir de maneira instintiva para nossa proteção. São eles também que desestabiliza os sistemas funcionais de comunicação com a respiração, a voz a fala e a organização das palavras e ideias.

Para que o corpo não sinta tanto as reações, o importante fazer exercícios de respiração porque irão ajudá-lo a controlar a intensidade e quantidade de descargas químicas que sofremos em situações de perigo.
A respiração é uma das funções que mais se altera nesses momentos de tensão, controlar essa reação é a primeira coisa a fazer. Procure observar como sua respiração está e tente equilibrar seu movimento respiratório.
Para que todo esse desconforto diminua, o remédio é enfrentá-lo, infelizmente e felizmente essa é melhor solução. Para isso pense que você é único quanto as reações do seu corpo e deve buscar meios confortáveis para vencer essas sensações, que é igual para a maioria das pessoas.

Uma outra coisa importante é cuidar dos pensamentos que estará construindo em sua mente no momento ou em momentos anteriores as situações de desconforto. Procure ter pensamentos positivos com relação a situação que irá vivenciar, assim seu corpo irá ajustar-se de maneira positiva. Expressamos nossas emoções pelo canal não verbal, desta forma o que pensamos determina como iremos reagir. Cuide de seus pensamentos, eles podem ser um aliado ou um inimigo.

O medo deve ser um aliado positivo, para manter nossa atenção e fazer com que estejamos sempre mais preparados para as situações de apresentações. Mas é importante não focar nossa atenção no ouvinte, por que se assim fizermos, corremos o risco de perder totalmente nossa atenção interna, e começamos a ter pensamento sobre o que ele pode estar pensando e deixamos de prestar atenção no que importa, que é a mensagem que desejamos transmitir.

O ouvinte é importantíssimo no processo comunicativo, mas quando ficamos focados nas hipóteses do que ele estará pensando sobre nossa apresentação, nos perdemos, então cuide do que tem para falar e não em suposições, isso atrapalha muito seu desempenho comunicativo.

Na prática as dicas que podem ajudar você a controlar seu medo de falar em público são:

01 - Saiba o que desencadeou o medo

02 - Tenha consciência de como seu corpo reage ao medo

03 - Para vencer quaisquer tipos de medo você deve se expor a ele

04 - Fale sobre o seu medo

05 - Converse com que não tem o medo

06 - Reformule seus pensamentos

07 - Quando estiver em uma situação que gera medo

 

Bom muito legal todas essas dicas, não?

Mas você pode ter todas as orientações e dicas do mundo, se não estiver preparado, com certeza sua chance de fracassar é enorme.

Afirmo para você, quanto mais preparado, mais possibilidade de lidar com situações inesperadas e maior equilíbrio físico também, isso é, a quantidade de substâncias químicas desencadeada pelo instinto do medo, será em menor quantidade e intensidade reduzida.

O medo deve ser visto de maneira positiva, porque nos mantem atentos, dessa forma nosso corpo responde mais rápido a qualquer estímulo.

Seguir as orientações que estão nesse artigo irão te ajudar a manter o equilíbrio físico e emocional, todos que estarão ouvindo sua apresentação, terão a sensação que você está tranquilo e confiante. Pode acreditar, é real.

Compartilhe

Comentários

Comente