Como a oratória pode impactar seus resultados

18 de mar - Artigo - POR Ana Kelly Martinez

Existem pessoas que têm facilidade da falar, outras de convencer. Há pessoas que falam muito e dizem pouco, outras falam pouco, mas dizem muito, essas são as que conseguem gerar bons resultados com sua oratória.

Temos que ter sempre em mente:  as pessoas não irão ouvir o que elas já sabem. Por essa razão é importante gerar conhecimento para o público. Podemos comparar o discurso a uma refeição, precisa ser balanceada para nutrir a fome de conhecimento que seu público tem sobre o seu conteúdo.

Falar bonito pode embelezar o palco pelos adornos que são colocados pelo orador, mas a beleza da oratória pode não corresponder à capacidade de convencimento. A beleza ajuda, mas se não convencer de pouco adianta.

Assim, antes de saber como dizer é preciso ter o que dizer. Não há impacto em discursos superficiais.

 

Observe um dos melhores oradores no nosso tempo

Barack Obama é sem dúvida um dos maiores exemplos de que a Oratória gera grandes resultados. Ele foi o primeiro afro-americano a se tornar presidente dos Estados Unidos.

Foi com sua grande habilidade de orador que conseguiu notoriedade da mídia americana no dia 27 de julho 2004, quando proferir o discurso da Convenção Nacional Democrata, em Boston.

Obama reúne tudo o que é preciso para ser um grande orador.

Ele possui os elementos da oratória como ciência elencando fatos, dados e possibilidades em seu discurso. Oferta arte com enriquecendo às ideias, reveste graça a sua fala com um encadeamento melódico ao tema que defende sendo capaz de fascinar, convencer e atrair o público.

Pensando na oratória como ciência pode-se aprender, como arte pode-se desenvolver.

 

A exposição adequada das ideias, é tudo hoje em dia

O termo Oratória originou-se do latim oratória e significa a arte de falar ao público ou falar em público.

Nasce na Grécia Antiga, e chega nos dias atuais como sendo uma habilidade importante para qualquer pessoas, como ciência ela evolui e se modifica acompanhando as mudanças que ocorrem em cada período de nossa história.

Com a era digital podemos alcançar um número muito maior de pessoas, algo que a pouco tempo atrás era impossível.

A web quando iniciou era um espaço voltado mais para o lazer, hoje ela passa a ser um algo importante e fundamental para profissionais, empresas e negócios onde apresentamos nossas ideias, serviços e produtos pelas redes sociais, em blogs, e-book, reuniões via app, escrevendo e respondendo e-mail, em vídeos ou mesmo em app de conversar.

Estamos passando por um período de descoberta e de adaptação da realidade que é nova para nós, quando pensamos em humanidade.

Estamos engatinhando e já podemos perceber que o mundo digital está modificando nossa forma de uso da oralidade.

Por isso, é tão interessante pensar na oratória como uma ciência, porque ela vêm nos auxiliar neste momento de rapidez e fluidez de ideias, ela organiza, direciona e embeleza a expressão do pensamento.

 

Agora você deve estar se pensando: Mas eu não gosto de falar em público

Fica tranquilo, você não está sozinho.

Muitas pessoas tem medo de falar em público ou mesmo para uma câmera, hoje muitas situações profissionais exigem que nos comuniquemos por vídeo, por vídeo conferências, por entrevistas via aplicativos, todas estas situações necessitam de alguma técnica relacionada a oratória.

Vou lhe dar uma 2 dica de como as técnicas da oratória podem auxiliar você na gravação de um vídeo e fazer toda diferença.

  1. Mantenha a movimentação corporal mais restrita e uma gestualidade mais direcionada e firme.
  2. Busque construir frases curtas com linguagem simples, para argumentar suas ideias, isto deve ocorrer independente do meio utilizado ser online ou presencial.

Quero te falar mais uma coisa, em nosso trabalho temos situações de comunicação que podem ser formais e informações e isso ocorre independente do meio ser presencial ou online. Para cada uma dessas situações precisamos nos adaptar.

Quando houver uma situações formais, como discursos em plenários, saudações é legal você usar de um vocabulário mais elaborado, procurar ler seu discurso em situações solenes, inserir sinônimos, antônimos e analógicos, emprego de ornamentos de linguagem, volume de voz, dramatização assim as ideias de valor têm maior realce.

Já em situações informais como reuniões rápidas, conversar, venda direta com o cliente, em fim situações corriqueiras do dia a dia. Lembre-se de chamar atenção do ouvinte para você quando iniciar a exposição de suas ideias, o chame pelo seu nome, ela lhe dará o máximo de atenção.

Viu como podemos desenvolver nossa forma de comunicar e o quanto é importante pensar sobre esse assunto, não temos como fugir dessa realidade virtual.

Então lembre-se, estamos passando por um período de mudança e precisamos nos adaptar quanto a nossa oratória e nos preparar para gravar vídeos, participar de vídeos conferências e muito mais, que podem acontecer em situações formais ou informais em nosso cotidiano.

Quero te dizer que com mais de 17 anos de experiência preparando pessoas para várias situações de comunicação presencial e online¸ eu te garanto que qualquer pessoas pode se desenvolver e se tornar um orador e obter grandes resultados.

Se você gostou e tem alguma dúvida ou sugestão, deixe para mim nos comentários.

Obrigada por ter ficado comigo até agora.

Abraço.

Ana Kelly Martinez

Compartilhe

Comentários

Comente